Visovias

A finalidade essencial de uma estrada

Consiste em: 


  • “ Assegurar a existência de uma superfície que permita a circulação de veículos com comodidade, segurança e em condições quanto possível económicas
  • O terreno em que a estrada se desenvolve, devido ao seu relevo e outros acidentes topográficos, necessita de ser moldado. Tira-se material de um lado e põem-se no outro. ( Realizando a pretendida superfície com a melhor qualidade possível e dentro de adequados limites económicos )

Uma estrada pode ser classificada das seguintes formas:

Pista simples
São aquelas em que há somente um pavimento asfáltico, que é compartilhado pelos veículos nos dois sentidos de circulação (mão dupla). Veículos neste tipo de via devem circular sempre do lado direito da pista (em relação a si), porém podendo utilizar o outro lado da pista para efetuar ultrapassagens em determinadas condições.

Pista dupla
São aquelas que possuem duas faixas de rodagem em cada direção (ou sentido) com barreira física central, ou canteiro e que possui outras barreiras meios-fios (guias), muretas, guard rail, etc., que dificultam conversões ou retornos irregulares, de forma que, cada sentido de circulação possui uma pista própria. Essa construção permite o desenvolvimento de uma maior velocidade e também uma maior segurança, já que torna mais difícil que dois veículos colidam frontalmente em alta velocidade, que é uma das causas frequentes de acidentes em vias de pista simples.

Pista múltipla
São aquelas que possuem três ou mais faixas de rodagem em cada direção (ou sentido) - podendo haver, inclusive, pistas duplas, triplas, quádruplas, etc.

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, analisar o tráfego. e melhorar a experiência dos utilizadoresAs informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google.

Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.